Mig-PLUS segue na lista do MAPA para fabricar produtos com medicamentos veterinários

Mig-PLUS segue na lista do MAPA para fabricar produtos com medicamentos veterinários
Compartilhe:

Na Mig-PLUS, a gestão da qualidade aplica-se a todas as etapas de produção da fábrica, desde a recepção de matérias-primas até a expedição do produto acabado, inclusive no departamento técnico e administrativo da empresa. A busca pelo desenvolvimento de uma nutrição saudável para os animais levou a empresa a um alto nível de customização dos suplementos nutricionais. A Mig-PLUS possui formulações elaboradas conforme as necessidades específicas de seus clientes, inclusive, podendo medicar as rações e núcleos, com prescrição de médico veterinário. Essa autorização para uso de medicamentos terapêuticos é auditada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), por meio da Instrução Normativa no 65.


De acordo com o zootecnista da Mig-PLUS Carlos Beretta Neto, “o tratamento de animais doentes através de alimentos medicados é prática comum nas criações intensivas, trazendo benefícios tanto aos animais, quanto aos criadores, pela conveniência e facilidade operacional que representa”.


Para isso, a fabricação e administração de alimentos medicados, seja pelas indústrias especializadas em nutrição animal, como pelos criadores, precisa basear-se em procedimentos de prevenção da contaminação cruzada entre alimentos medicados/não-medicados e cuidados com a segurança da cadeia alimentar.


A Mig-PLUS segue a Instrução Normativa nº 65, de 21 de novembro de 2006, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e suas posteriores alterações desde o ano de 2010, que aprova os procedimentos para fabricação e o emprego de rações, suplementos, premixes, núcleos e concentrados com medicamentos para os animais de produção, com linhas de produção habilitadas e autorizadas para este fim, adotando cuidados especiais para evitar a contaminação cruzada e preservar a segurança do alimento. Assim, a validação da limpeza, a elaboração da grade de sensibilidade, o controle do processo e a observação dos requisitos da Instrução Normativa 04/2007 são alguns dos tópicos importantes cumpridos pela Mig-PLUS.