Agricultores estão entre as 5 profissões essenciais para a vida nas cidades, diz pesquisa

Agricultores estão entre as 5 profissões essenciais para a vida nas cidades, diz pesquisa
Compartilhe:

Quem disse isso? O cidadão. A cidadã. O público urbano disse que os agricultores fazem parte das 5 profissões que são essenciais para a vida nas cidades. Fizemos uma pesquisa para a Abag e a apresentamos no Congresso Brasileiro de Agronegócio poucos anos atrás, com essa constatação. Agricultores, médicos, professores, bombeiros e policiais foram as cinco atividades consideradas pela população urbana dessa pesquisa, em grandes centros urbanos, como essenciais.

Da mesma forma essa pesquisa acabava com um mito de que o cidadão da cidade não gosta do agronegócio . Não é verdade. As pessoas têm consciência de que comida vem do campo. Agora o cidadão urbano consegue discernir sobre questões mais profundas do agronegócio? Não. Portanto precisamos de mais comunicação educadora com nosso consumidor final e menos reclamação.

Então neste Dia do Agricultor queremos parabenizar esse pessoal guerreiro e aplaudir mulheres, homens, jovens, pioneiros com idade mais avançada mas que fizeram no suor e no braço o que hoje permite que possamos atravessar essa recessão e gigantesca crise com abastecimento de alimentos e ainda salvando a economia.

A reinicialização econômica do país passa pelo agro. Os produtores precisam ser protegidos, pois são o elo mais frágil das cadeias produtivas do agronegócio. O antes, o dentro e o pós porteira das fazendas não viveriam sem “o dentro”. Enfrentam os fatores incontroláveis. E quando tem encrenca eles são chamados para defender seus valores e fundamentos de trabalho.

O grande presente que podemos dar aos agricultores do país e suas famílias seria um ótimo planejamento estratégico de todas as cadeias produtivas. E nesse planejamento estabelecer um comércio justo para os produtores. Seremos cada vez mais cobrados com saúde, rastreabilidade e meio ambiente.

O agricultor não pode ser o guardião do seu microbioma e, além disso, ainda estar preocupado com todas as incertezas das forças incontroláveis do mercado. E outros fatores. Muito obrigado agricultores brasileiros de todos os povos que aqui vieram para criarmos a maior empresa agrotropical planetária – o nosso país. O Brasil é maior do que a desordem, graças a ordem do agronegócio e dos nossos agricultores. Feliz 28/7!

Fonte: José Luiz Tejon para o Canal Rural